Electra Heart: a culpa pela falha em “Homewrecker”

Electra Heart Analisada: a culpa pela falha em "Homewrecker"
Tempo de leitura: 5 minutos

Em Homewrecker, encontramos Electra Heart em uma fase nem um pouco agradável. A música se divide em versos falados e refrão cantado, onde nossa protagonista canta com melancolia e mágoa.

Ela faz considerações bastante amargas sobre a dinâmica entre homens e mulheres no jogo do amor. E, também, faz uma reavaliação de sua própria vida amorosa.

Electra conta que seus namorados sempre foram únicos, os escolhidos. Isso é um aspecto interessante porque mostra que ela depositava suas esperanças no namorado atual e idealizava o potencial marido.

Também entendemos pela letra que Electra sabe o que deveria ser o amor. Mas nunca o encontrou em sua forma mais pura.

Num verso que serve para mostrar a visão de mundo dela e nos provocar, ela diz: “deception and perfection are wonderful traits/one will bread love, the other hate”.

Ou seja, Electra acredita que a enganação traz o ódio e a perfeição traz o amor, exatamente como sempre foi ensinado a ela na TV.

Nessa interpretação, Electra resolveu ser a mulher perfeita porque a perfeição traria o amor que ela buscava e a satisfação em viver.

Porém, podemos interpretar essa frase de maneira contrária, também. Partindo de Lies, onde ela sugere a mentira para manter as aparências, é bem possível que Electra imagine que a enganação pode trazer o amor e a perfeição, o ódio.

Ela era a esposa perfeita, a mulher perfeita, e não conseguiu ter o amor e a dedicação do marido. Portanto, se volta à enganação e a mentira.

A melodia da música é calma durante os versos, mas estoura quando Electra diz que não pertence a ninguém e que é uma destruidora de lares.

Essa frase é uma mistura perfeita entre uma acusação e uma afirmação, o que nos dá duas interpretações possíveis para essa Homewrecker.

 

 

Dois caminhos para Electra Heart em Homewrecker

O caminho percorrido até aqui por Electra nos deixa pensando sobre duas possíveis interpretações para o arquétipo da Destruidora de Lares.

Podemos pensar naquela mulher que se envolve com um homem casado e destrói o lar dele, num sentido bastante machista. Porém, também podemos pensar em uma mulher que destrói o seu próprio lar.

No contexto dos anos 50 e 60, como já vimos em Lies, a mulher era vista como a base do casamento.

Uma mulher separada era uma mulher que tinha falhado nessa função, na única aspiração que uma mulher podia ter. Nesse sentido, ela tinha destruído o seu lar, era uma destruidora de lares agora.

Com Homewrecker, podemos pensar em Electra Heart como uma mulher cansada de fingir um casamento perfeito e perdida no mundo, se envolvendo com homens casados.

Mas também podemos imaginá-la ainda casada e sofrendo acusações de ser uma destruidora de lares, seja pela comunidade ao redor dela ou dela mesma.

Como cresceu acreditando que precisava ser a mulher perfeita e ser a base de seu casamento, Electra aceitou aquele título para si.

Ela se vê como uma destruidora de lares, como uma decepção e alguém medíocre. Por isso, grita aquele arquétipo durante o refrão.

Electra Heart Analisada: a culpa pela falha em "Homewrecker"

Uma imagem de falha e fraude

Electra define a si própria em uma frase da música: “I’m the image of deception”.

Se Electra acredita que a perfeição e a enganação trazem o amor ou o ódio, definir-se como enganação é entender que ela não é perfeita, mas que finge ser. É entender a sua própria existência sob outro aspecto.

Apesar de a música ter um ar alegre, a letra é extremamente triste. Homewrecker fala de uma mulher que não acredita mais no amor e que acha que é uma fraude.

O último verso da música, talvez o que mais revela esse contexto, é o mais triste e o mais desesperançoso:

“When everything is life and death
You may feel like there’s nothing left
Instead of love and trust and laughter
What you get is happy never after
But deep down all you want is love
The pure kind we all dream of
But we cannot escape the past
So you and I will never last”

Os versos relacionam a precipitação e o sentimento de urgência com o “felizes para nunca”. Isso nos deixa pensando se Electra acha que se precipitou em provocar o namorado pelo casamento e se precipitou em aceitar o pedido.

Electra Heart Analisada: a culpa pela falha em "Homewrecker"

Estigmas sociais de um relacionamento fracassado

O verso ainda expõe a desesperança de Electra quanto ao amor quando ela diz que “não dá para fugir do passado”. Essa frase pode fazer uma alusão a ideia de que a reputação dela sempre estará manchada.

Electra sempre será conhecida como a mulher que falhou e que agiu como uma fraude.

Electra aparenta estar bastante depressiva nessa fase do álbum, começando a descobrir que o mundo não é como ela imaginou e queria que fosse. Mas, temos um indicativo de que ela não vai desistir porque em certo verso, ela diz:

“I guess you could say that my life’s a mess
But I’m still looking pretty in this dress
I’m the image of deception”

Ela pode estar destruída por dentro, virada em uma bagunça, mas ainda está trabalhando com a aparência e a ilusão. Quanto ao marido de Electra, não sabemos como ele se sente nesse momento.

Mas provavelmente não carrega nenhum estigma social ou remorso na mesma medida que ela.

Electra Heart Analisada: a culpa pela falha em "Homewrecker"



Mariana Bortoletti

Mariana Bortoletti

Mariana Bortoletti é marketeira, escritora tímida, leitora de livros velhos e fundadora do Poeira Literária. Começou a trabalhar com conteúdo para a internet em 2009, publicou o primeiro conto em antologia em 2014 e, em 2020, lançou seu primeiro livro.

Descobriu que gostava de ler com romances açucarados, mas hoje se aventura lendo (e escrevendo) ficção especulativa - adora imaginar um “e se?” para tudo.

Ama perder tempo no YouTube, assistir comédias românticas, jogar SuperMario, falar sobre extraterrestres e fantasiar sobre mundos que não existem. É muito fã da literatura e da moda do século XIX, mas prefere o século XXI para viver em sociedade.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *